River Plate conquista Supertaça sul-americana com dois golos fora de horas

Equipa de Marcelo Gallardo bateu o Atlético Paranaense por 3-0

River Plate
River Plate • Foto: Reuters

Dois golos em período de compensação permitiram ao River Plate conquistar a Supertaça sul-americana, com um triunfo por 3-0 na receção ao Atlético Paranaense, em jogo da segunda mão da final, disputado na quinta-feira, em Buenos Aires.

Depois de ter perdido o primeiro encontro por 1-0, em Curitiba, no Brasil, a equipa argentina, vencedora da Taça Libertadores, virou a final a seu favor durante a segunda parte, período durante o qual marcou os três golos, conquistando o 10.º título em cinco anos sob o comando do treinador Marcelo Gallardo.

Após um nulo ao intervalo, o médio Ignacio Fernandez inaugurou o marcador aos 65 minutos, na recarga a uma grande penalidade que o guarda-redes brasileiro defendeu inicialmente para o poste, tendo os golos marcados pelos avançados Lucas Pratto, aos 90+1, e Matias Suarez, aos 90+5, assegurado fora de horas a conquista do troféu.

O River Plate conquistou pela terceira vez a Supertaça sul-americana, que opõe o campeão continental ao vencedor da Taça Sul-americana, reeditando os êxitos de 2015 e 2016, ambos sob a liderança técnica de Gallardo.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.