River Plate viajou para os EUA mas foi obrigado a tirar um jogador do avião no Peru

Lucas Beltrán teve de ficar em Lima e vai regressar à Argentina

• Foto: Instagram

A equipa do River Plate viajou para Orlando, nos Estados Unidos, onde conta fazer a pré-temporada, mas chegou ao destino com menos um jogador, pois Lucas Beltrán, um dos 27 convocados para o estágio, foi forçado a abandonar a comitiva durante a escala realizada no Peru.

O jogador não cumpria um dos requisitos para entrar nos Estados Unidos. Segundo o jornal 'Ole', Beltrán aproveitou as suas férias para viajar até à Europa e esteve em Itália, com o intuito de tratar da burocracia para obter a dupla cidadania.

Regressou à Argentina e apresentou-se nos trabalhos do River na data pré-definida, mas não completou os 14 dias de isolamento requeridos pelos Estados Unidos antes de entrar em solo norte-americano. O problema foi detetado em Lima, durante a escala do avião que transportava a equipa.

O avançado ficou em terra e vai regressar à Argentina. A ideia do clube é que Beltrán cumpra os cinco dias que faltam para completar a quarenta e que depois possa juntar-se à equipa nos Estados Unidos.
 
 

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.