Sampaoli de saída do Chile

Ainda procura acordo, mas a decisão está tomada

• Foto: Reuters
Jorge Sampaoli deu uma conferência de imprensa para refutar as acusações de que é alvo, mas não apresentou a demissão do cargo de selecionador do Chile, ainda à procura de um acordo com a federação. O técnico argentino, que já foi apontado ao banco do FC Porto e do Chelsea, considerou falsas as notícias que denunciaram a sua participação num alegado esquema financeiro para fugir aos impostos e lembrou que é "uma parte importante do sucesso do Chile", vencedor da última Copa América.

"Revelaram o meu contrato para prejudicarem a minha imagem", acusou Sampaoli, alvo de ofensas e de cuspidelas à chegada ao Aeroporto de Santiago do Chile, depois de ter estado na Gala da Bola de Ouro, onde concorreu ao prémio de melhor treinador de 2015, conquistado por Luis Enrique, do Barcelona.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas