Sampaoli desvincula-se oficialmente da seleção chilena

Seis meses depois da conquista da Copa América

• Foto: EPA

O treinador argentino Jorge Sampaoli deixou esta terça-feira o cargo de selecionador do Chile, seis meses depois de ter conduzido o país à conquista da Taça América, anunciou a federação chilena.

A confirmação da saída de Sampaoli surge cinco dias depois de a federação chilena ter revelado que as negociações para a renovação de contrato tinham terminado sem qualquer acordo.

"A federação e Jorge Sampaoli chegaram a acordo e dão por terminado o seu relacionamento contratural", pode ler-se no comunicado divulgado pela federação chilena.

Entre os nomes de eventuais sucessores está o do também argentino Marcelo Bielsa, que se encontra sem treinar desde que deixou os franceses do Marselha no princípio da época, e que já esteve à frente da seleção chilena entre 2007/2010.

Outro nome apontado é o de Eduardo Berizzo, igualmente argentino e atual técnico dos espanhóis do Celta de Vigo.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.