Santos aceita derrota por Neymar mas deixa recado ao Barcelona com Real Madrid à mistura

Tribunal Arbitral do Desporto deu razão à formação catalã

• Foto: Reuters

O Santos disse que vai acatar a 'derrota' sofrida na justiça no conflito com o Barcelona na transferência de Neymar, e espera que os catalães sigam o exemplo do Real Madrid quando quiserem futebolistas seus.

Na terça-feira, o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) recusou dar seguimento ao recurso do Santos no âmbito da queixa contra o Barcelona feita à FIFA devido à transferência de Neymar, com valores muito superiores pagos ao futebolista.

O clube, conhecido como 'Peixe', e que atualmente é treinado pelo português Jesualdo Ferreira, pedia ao Barcelona uma indemnização na ordem dos 70 milhões de dólares (cerca de 61,2 milhões de euros), por danos e prejuízos na transferência.

O clube vendeu em 2013 os direitos económicos do jogador brasileiro ao Barcelona por 17 milhões de euros, tendo mais tarde sido revelado que Neymar teria recebido um montante na ordem dos 58 milhões de euros dos catalães, o que levou o Santos a entrar com uma queixa na FIFA em 2015.

"O Santos lamenta, embora respeite a decisão em que é recusada o inquestionável facto de ter sido prejudicado na operação", assinala o comunicado do clube de São Paulo, e dá como exemplo de "correção e transparência" a venda de Rodrygo ao rival Real Madrid.

O TAS entendeu que o contrato entre Neymar e Santos foi rescindido de mútuo acordo e que as comissões pagas ao pai do jogador e à empresa N&N, muito superiores ao valor que o clube brasileiro recebeu, não violaram o acordo entre as partes.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0