Sarri tem a chave do futuro de dois treinadores portugueses

Nápoles teme perder técnico que tem cláusula de rescisão de oito milhões

• Foto: EPA

O 'Corriere dello Sport' avança com um cenário que pode envolver dois treinadores portugueses caso o Monaco chegue a acordo com Maurizio Sarri e decida accionar a cláusula de rescisão de oito milhões de euros do treinador do Nápoles, a qual é válida até 31 de maio.

Em causa está desde logo a saída de Leonardo Jardim do Monaco, cuja administração reafirmou recentemente total confiança no treinador português, assegurando a sua continuidade no cargo. Mas os últimos resultados da equipa na Ligue 1, duas derrotas seguidas, colocam em causa o segundo lugar e a qualificação para a Liga dos Campeões...

Sob o ponto de vista do Nápoles coloca-se depois a questão da substituição de Sarri, um treinador que Aurelio de Lautentiis, presidente e proprietário do clube, não quer perder, apesar do interesse de vários grandes clubes. Além do Monaco, o técnico italiano é apontando ainda ao Chelsea e à Juventus como sucessor para os compatriotas Antonio Conte e Massimiliano Allegri.

E é aqui pode entrar o outro português. Paulo Fonseca. O treinador do Shakhtar Donetsk revelou recentemente que está em negociações para renovar contrato com o clube ucraniano, mas o 'Corriere dello Sport' coloca-o no topo de uma lista de técnicos que já terão sido sondados pelo Nápoles. Marco Giampaolo, Sampdoria, e Domenico Tedesco, Schalke 04, são os outros dois.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.