Selecionador de Malta suspenso após ser acusado de abuso sexual por um jogador

'Times of Malta' garante que Devis Mangia já tinha tido problemas da mesma ordem no Ascoli

• Foto: Reuters
O jornal 'Times of Malta' avança que o selecionador nacional de Malta foi suspenso porque terá tentado assediar sexualmente um jogador da sua equipa, cuja identidade não foi revelada. O referido atleta estaria no grupo chamado para o duplo compromisso e não entrou em campo diante da Estónia, na sexta-feira.

Esta não será a primeira vez que Devis Mangia se vê envolvido numa situação semelhante, já que pelo Ascoli, em 2015/16, também terá sido acusado por um futebolista mas o caso nunca veio a público.

O caso foi esta quarta-feira discutido pela federação maltesa mas, enquanto isso, o treinador italiano, de 48 anos, negou tudo.

"Em relação às notícias que surgiram na imprensa nacional, é meu dever especificar que nunca conduzi, nem agora nem no passado, qualquer conduta que prejudique a dignidade pessoal ou sexual de qualquer pessoa, muito menos a de um jogador ou outro membro da Federação. Esta é uma notícia infundada e falsa, prejudicando seriamente a minha dignidade pessoal e a minha reputação profissional", sustentou Mangia, que continuará suspenso até ser dado por acabado o processo de inquérito interno.

Desportivamente, Malta até vive dias felizes. Em 2022, conta quatro vitórias e quatro derrotas, tendo terminado em segundo (atrás da Estónia e à frente de San Marino) do grupo da Liga das Nações.
Devis Mangia é selecionador da principal equipa masculina maltesa desde 2020, depois de ter feito, primordialmente, a carreira em Itália, onde chegou a ser selecionador sub-21 do país-natal.
Por Flávio Miguel Silva
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas