Superliga chinesa de futebol arranca a 25 de julho

As 16 equipas que disputam o campeonato vão jogar em apenas dois lugares

A Superliga chinesa, a prova máxima do futebol na China, arranca em 25 de julho, com mais de cinco meses de atraso, devido à pandemia da covid-19, avançou esta quarta-feira a Associação Chinesa de Futebol.

Por motivos de prevenção, as 16 equipas que disputam o campeonato vão jogar em apenas dois lugares: a cidade portuária de Dalian, nordeste da China, e a cidade de Suzhou, na costa leste, detalhou a Associação em comunicado.

Vários jogadores estrangeiros, no entanto, poderão não competir, já que a China baniu a entrada de cidadãos estrangeiros devido à pandemia.

O desenvolvimento do futebol é uma prioridade para a China, que ambiciona receber e um dia vencer um Mundial de futebol.

Vários jogadores e treinadores estrangeiros, incluindo portugueses, integram equipas chinesas.

O Shanghai SIPG, um dos candidatos a vencer a Superliga, é treinado pelo português Vítor Pereira.

O início da temporada estava originalmente previsto para 22 de fevereiro, mas foi adiado indefinidamente no auge da epidemia na China.

Desde então, o país conteve a progressão do vírus no seu território e iniciou um retorno gradual da atividade económica.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0