Superliga europeia à imagem da NBA: conheça os contornos da nova competição

Deve iniciar-se em setembro de 2022 com 18 clubes

• Foto: Reuters

A Superliga Europeia parece que vai ser mesmo uma realidade, conforme foi ontem anunciado por Josep Maria Bartomeu, o presidente do Barcelona, durante a conferência de imprensa onde formalizou a sua saída da liderança dos catalães. Segundo o jornal 'AS' avança esta manhã, a prova vai contar com algumas das melhores equipas de Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha e França, devendo iniciar-se em setembro de 2022, com 18 clubes.

O modelo de disputa será como a NBA, com jogos em casa e fora e um playoff final, num local a designar, onde se definirá o campeão.

Bartomeu deu o sim do Barcelona à nova competição e fonte do Real Madrid disse ao 'As' que o clube está atento ao projeto, embora não haja ainda "nada de concreto". O Atlético Madrid também estaria disposto a entrar na compatição.

PSG, Milan, Inter, Bayern Munique, Liverpool e Manchester United seriam outros dos participantes.

A Superliga - que chamar-se-ia European Premier - seria realizada com o financiamento de um banco de Nova Iorque, o JP Morgan, de cinco mil milhões de euros.

Recorde-se que esta competição nada tem a ver com a UEFA e que Aleksander Ceferin, o líder do organismo europeu, já a considerou uma competição egoísta, que não respeita os valores do futebol, da solidariedade e da igualdade.

Por Record
23
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.