Tévez: «Há muito trabalho por trás de Ronaldo»

Argentino não poupa elogios

• Foto: Reuters

Ao serviço do Boca Juniors, Carlos Tévez regressou "a casa" como um ídolo, mas ainda assim não se livrou da crítica, ossos do ofício. "É normal, a imprensa é assim, mas passa-se o mesmo com Ronaldo e Messi em Espanha quando perdem algum jogo. Não me escondo, são as regras do jogo", assumiu em entrevista à "Marca".

Tévez trabalhou com o internacional português no Manchester United e não lhe poupa elogios. "Tem uma personalidade muito forte e treina ao máximo. Há muito trabalho e profissionalismo ali por trás. É o primeiro a chegar e o último a sair do centro de estágio. Mas Messi também trabalha o seu talento", sublinhou. 

O internacional argentino reconhece que voltar à seleção alviceleste depende de si - "se continuar a trabalhar como tenho feito, imagino que regresso" - e não foge à questão das suas cicatrizes.

"Quando me olho ao espelho, as cicatrizes lembram-me de onde venho e quem sou. Estive 3 meses em terapia e não me lembro de como os vivi. Era muito pequeno quando me queimei, pelo que, quando as vejo, sei que são parte da minha vida".     

Por Sofia Lobato
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.