Treinador do River Plate foi ao balneário e pode ditar eliminação da Libertadores

Grémio quer que os argentinos sejam punidos, pois o técnico estava suspenso

O River Plate celebrou esta madrugada uma emotiva e heróica passagem à final da Copa Libertadores, graças a uma vitória por 2-1 em casa do Grémio, mas a festa pode ser de curta duração, já que os argentinos correm o risco de perder o triunfo por causa de um 'deslize' inexplicável do técnico Marcelo Gallardo. É que, mesmo estando suspenso, o técnico foi ao balneário falar com os seus jogadores ao intervalo do jogo, algo que estava naturalmente proibido de fazer, para lá de ter comunicado com a sua equipa técnica através de um auricular.

Final de loucos no Grémio-River Plate com VAR e... cabeças perdidas
Segundo a imprensa brasileira, a Conmebol irá abrir uma investigação e o Grémio já fez saber que irá protestar o resultado com base na irregularidade protagonizada pelo técnico da formação argentina. De acordo com as alegações do tricolor, Gallardo terá influenciado diretamente o resultado, utilizando para suportar os seus argumentos alguns artigos do regulamento da Libertadores e da Conmebol, que já no passado determinaram derrotas por utilização irregular de jogadores.
A confirmar-se uma eventual punição ao River Plate, o mais certo é a vitória ser retirada aos argentinos, avançando o Grémio para a partida decisiva da mais importante prova de clubes da América do Sul.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.