Treinador espanhol relata horror vivido em Beirute: «Pensei que poderia ser uma bomba»

Daniel Giménez estava a orientar o seu primeiro treino oficial no comando do Al Ahed

Daniel Giménez, treinador espanhol, viveu esta terça-feira o horror após duas explosões terem abalado a zona portuária da capital do Líbano, Beirute. "O meu corpo começou a tremer", explicou o técnico, que estava a orientar o seu primeiro treino oficial no comando do Al Ahed.

"Foi o meu primeiro treino oficial e estávamos a terminar a sessão quando, de repente, ouvimos uma explosão, o meu corpo começou a tremer, tinha um zumbido nos ouvidos ... e imediatamente uma nuvem cobriu-nos completamente. Sentimos o impacto", relatou Daniel  Giménez, citado pelo jornal espanhol 'Marca'.

Explosões impressionantes em Beirute provocam vários feridos
"Fui a conduzir para casa com uma mão no volante e outra nos olhos, naquele momento pensei que poderia ser uma bomba e queria-me proteger caso os vidros do carro se partissem. Durante o trajeto, vi Beirute destrída, muitos corpos cobertos de vidros, muita gente mutilada... foi horrível. A pior parte foi , sem dúvida, este caminho para casa e tudo o que vi", confessou.

Rasto de destruição perto do local das explosões na capital do Líbano

"Foi muito chocante passar pelo centro de Beirute, pessoas a sangrar, partes de prédios e janelas no chão, ambulâncias, bombeiros, militares... O caos total, foi bastante chocante ", descreveu ainda, citado pela RTVE.

Segundo as últimas informações oficiais, pelo menos 50 pessoas morreram e mais de 3 mil ficaram feridas
Imagens do caos em Beirute após violentas explosões



Por Marta Correia Azevedo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.