Record

Valencia quer contratar Gonçalo Guedes ao PSG mas "sem cometer loucuras"

Marcelino Toral falou sobre a situação do avançado português e de Rodrigo

• Foto: EPA
O treinador do Valencia, Marcelino García Toral, assegurou esta sexta-feira que o clube espanhol tudo fará para contratar o português Gonçalo Guedes, extremo do Paris Saint-Germain, mas "sem cometer loucuras".

"Posso assegurar que Peter [Lim, proprietário do Valência] vai fazer todo o possível para que Gonçalo Guedes jogue no Valência, mas sempre de acordo com os termos que o clube considere viáveis, e sem cometer loucuras", disse.

Gonçalo Guedes, de 21 anos, foi contratado pelos franceses do PSG ao Benfica, em 2016/17, e emprestado na época seguinte ao Valencia, ao serviço do qual participou em 38 jogos e marcou seis golos.

Marcelino García Toral, que falava na conferência de imprensa prévia ao jogo de domingo em casa do Espanyol, relativa à segunda jornada da liga espanhola, adiantou que, caso não fosse possível contratar Gonçalo Guedes, procuraria outra solução para fechar o plantel.

"Tentaremos completar o plantel sempre com a certeza e segurança de acrescentar qualidade à equipa. Já há coisas preparadas, mas ainda é cedo para se saber se podem ser concretizadas", explicou o treinador do Valência.

O treinador acrescentou que o seu trabalho não está dependente de uma possível chamada telefónica do diretor-geral, Mateu Alemany, a comunicar-lhe a contratação de Gonçalo Guedes ou o interesse de algum clube em Rodrigo Moreno.

"Não estou muito atento a isso. No nosso trabalho dou prioridade ao que considero que sou parte envolvida. Como treinador, a coisa mais importante é preparar nas melhores condições o jogo com o Espanyol e vencer", considerou o treinador do Valencia.

Sobre a possibilidade do internacional espanhol Rodrigo Moreno, de 27 anos, que representou o Benfica de 2011 a 2014, sair para outro clube, Marcelino García Toral disse que ele está feliz no Valencia e "a prova disso é o seu envolvimento e desempenho".

"Desejo, para o bem de Valencia, que ele [Rodrigo Moreno] fique com a gente, porque é um grande jogador", referiu o treinador, acrescentando, no entanto, que não se oporá à sua saída se existir interesse de todas as partes envolvidas.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

M