VAR da final da Libertadores afastado: Haro disse o que não devia e sofreu as consequências

Diego Haro substituído por ter falado sobre o jogo

A Conmebol decidiu trocar o árbitro responsável pelo VAR na final da Taça Libertadores da América, que vai ser disputada sábado entre o Flamengo e o River Plate (20 horas, em Portugal). Diego Haro foi substituído por Esteban Ostojich por "incumprimento da política interna de arbitragem".

Na origem desta decisão está uma entrevista de Diego Haro à Radio Mitre, na qual avaliou a qualidade das duas equipas.

"O River fez uma revolução futebolística na América do Sul nos últimos cinco anos. Tem um jogo dinâmico e conseguiu títulos em pouquíssimo tempo. O Flamengo, por outro lado, acaba de encontrar uma filosofia de jogo com seu novo treinador. A final entre Boca e River da Libertadores do ano passado marcou-me para a vida. O jogo entre River e Flamengo também tem todos os ingredientes para ser uma grande final", disse Diego Haro.

Haro revelou-se tranquilo para o encontro de sábado e assumiu que estudou as duas equipas. "Se houver simulações, vamos informar. Vou simplesmente apoiar as decisões de Roberto Tobar. Deve existir uma conexão entre o árbitro de campo e o VAR. Trabalhar com Roberto é simples, sabemos o que passamos um ao outro".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Doping suspende a Rússia

Agência Mundial Antidopagem (AMA) aplica pesada sanção que afasta o país dos Jogos Olímpicos e Mundial de futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.