Vasco Faísca arrasa selecionador grego

Angelos Anastasiadis na mira

Vasco Faísca, antigo jogador de Académica e Belenenses, entre outros, deixou duras críticas ao novo selecionador da Grécia, Angelos Anastasiadis, com quem trabalhou em 2013/14 no Platanias. Numa entrevista concedida ao portal grego ‘Gazzetta’, o ex-jogador, de 38 anos, arrasou por completo o técnico, acusando-o de ser "má pessoa" e de o ter afastado do onze por motivos... religiosos.

"Ele é má pessoa. Usa uma máscara de ‘homem bom’, dizendo a todos que é muito religioso e que vai todos os dias à igreja, mas a verdade é que não respeita os outros. Não respeita ninguém. E posso dar um exemplo que aconteceu comigo. No Platanias era titular em quase todos os jogos mas, depois, ele tirou-me da equipa. Chamou-me ‘diabo’, provavelmente por ser agnóstico, por não ser uma pessoa religiosa como ele", afirmou Vasco Faísca, já depois de, na página pessoal do Facebook, ter lamentado a escolha de Anastasiadis para o cargo de selecionador da Grécia.

As palavras do antigo defesa-central, agora comentador de futebol na SIC Notícias, não ficaram por aqui. "É um treinador ridículo, não tem qualidade. E dou outro exemplo. Estávamos a preparar um jogo muito importante e num treino ele decidiu fazer um jogo entre solteiros e casados. Não estou a brincar. E disse-nos que no futebol as posições não eram importantes. Na minha equipa a linha defensiva era eu e mais três laterais-esquerdos. Em 20 anos de carreira nunca tinha visto uma coisa assim e é por isso que digo que os gregos mereciam muito melhor", concluiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.