Víctor Fernández e a dor com a saída do Real Madrid: «Ninguém me soube dar uma explicação»

Treinador espanhol revelou a mágoa que ainda guarda pela forma como foi dispensado dos merengues

• Foto: Amândia Queirós

Víctor Fernandez revelou em entrevista ao programa 'El Transistor' que guarda mágoa pela forma como foi dispensado do Real Madrid do cargo de coordenador do futebol jovem. O treinador espanhol, atualmente no Saragoça e que conta com uma passagem pelo futebol português (FC Porto), disse que não recebeu nenhuma explicação clara como justificação para não continuar ao serviço dos merengues.

"Pensava que a minha passagem pelo Real Madrid ia ser definitiva, pensei mesmo que acabaria ali a carreira. Foi uma experiência extraordinária, levantava-me às oito da manhã e deitava-me às dez da noite, via tudo dos escalões de formação. Assinei por dois anos, mas pensava que iria estar quatro ou cinco, era o que merecia. Não sei o que se passou, ninguém me soube dar uma explicação, apesar de ter dado a vida pelo meu trabalho", confessou Víctor Fernandez, sem deixar de aproveitar para apontar o dedo a José Ángel Sánchez, diretor geral do futebol blanco.

"O José Ángel Sánchez é uma pessoa muito inteligente e sabe mover-se neste mundo. Tivemos uma reunião algo vaga e não me deu uma argumentação clara. Disse-me simplesmente que não iria continuar, porque voltaria o Raúl e não sabiam onde colocá-lo no organigrama do clube", explicou o treinador espanhol.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.