Wenger vê com bons olhos projeto no Bayern e critica Barcelona: «Joga à espera de Messi»

Treinador é apontado como favorito para assumir comando técnico da formação de Munique

• Foto: Reuters

Durante duas décadas treinou o Arsenal, mas desde que deixou o clube inglês, no final da temporada 2017/2018, que Arsène Wenger está sem clube, sendo agora apontado como favorito para assumir o comando técnico do Bayern Munique, após a demissão de Niko Kovac. Questionado sobre essa possibilidade, o treinador francês, de 70 anos, mostrou-se disponível.

"Bayern Munique? Claro que é um clube que interessa. Treinar foi a minha vida até agora. Sinto falta da intensidade", afirmou Wenger.

E se o Bayern Munique defronta esta quarta-feira o Olympiacos, de Pedro Martins, na 4.ª jornada do grupo B da Liga dos Campeões, ontem houve outro clube que mereceu o comentário crítico de Wenger: "Hoje o Barcelona joga como uma equipa em crise. São lentos, sem dinamismo e individualistas. O clube tem história de jogo coletivo, mas hoje joga à espera de Messi. Antes, a 'música' era bonita, de uma equipa fantástica, que só esperava a aparição do craque. Hoje parece que perderam o carisma", afirmou no Bein Sports.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.