Wydad conquista Champions africana 25 anos depois

Clube marroquino bateu o Al Ahly em duas mãos e ergueu o troféu na sua Casablanca

• Foto: Reuters

Numa final inédita na Liga dos Campeões Africanos, os marroquinos do Wydad Casablanca bateram os egípcios do Al Ahly por 1-0 na 2.ª mão (1-1 na 1.ª mão em Alexandria) e celebraram a conquista do segundo troféu, quebrando um jejum de 25 depois da primeira vitória da sua história. Um golo solitário de El Karti, aos 70 minutos, deu o triunfo à equipa de Lhoussaine Ammouta, deixando Casablanca em delírio e vários jogadores do Al Ahly em lágrimas no final do encontro.

Frente ao clube mais titulado na competição – o Al Ahly tem 8 troféus e metade foi conquistada sob o comando do técnico português Manuel José –, o Wydad Casablanca (também conhecido por WAC Casablanca) jogou aberto, à procura do golo que o tranquilizasse.

Mas os calafrios que sentiu durante a primeira parte, sobretudo a clara ocasião (33’) em que Zakaria se isolou mas permitiu a defesa do guardião marroquino Laaroubi, levou Lhoussaine Ammouta a mudar o esquema tático após o intervalo. E, assim, o Wydad não permitiu mais veleidades à equipa egípcia, que procurava o 9.º troféu da sua história e o 7.º no novo milénio.

O golo de El Karti confirmou a quebra de um jejum que durava desde 1992 – na altura, o Wydad superou os sauditas do Al Hilal (2-0 e 0-0). Assim, o Wydad disputará o Mundial de Clubes em dezembro, defrontando os mexicanos do Pachuca nos ‘quartos’ de uma prova onde estará o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo. "Foi uma vitória incrível e os meus jogadores estão de parabéns", disse o técnico Lhoussaine Ammouta.

Por Hugo Neves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.