«Nós somos o Bayern, tu não»: Assembleia Geral do clube alemão a 'ferro e fogo'

Adeptos contestam acordo com a Qatar Airways e tentaram forçar o fim da ligação

A primeira Assembleia Geral do Bayern Munique desde o início da pandemia foi bastante quente. No centro da polémica esteve o acordo de patrocínio com a Qatar Airways, que a direção do clube alemão pretende prolongar até 2023 mas com resistência de um grupo de sócios, que fez-se ouvir de forma ruidosa nesta reunião magna.

Michael Ott, advogado e sócio do emblema bávaro, deu a cara por esse grupo e dirigiu-se ao Conselho de Administração do Bayern, pedindo o fim do acordo. Ott chegou mesmo a solicitar a um tribunal de Munique no sentido de obrigar o tema a ser discutido em AG, mas em vão, o que motivou uma tremenda vaia dos presentes no recinto. Ainda assim, os associados não desistiram e levaram a votação outra moção, que obriga o Bayern a respeitar os direitos humanos e a luta contra a descriminação. A mesma passou com 77,8% de votos favoráveis e os votos contra de toda a direção...

Face à relutância do presidente Herbert Hainer em terminar o contrato com a companhia aérea, muitos adeptos gritaram: "Nós somos o Bayern, tu não!"

Por Record
20
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Bayern Munique

Notícias

Notícias Mais Vistas