PSG e City arrasados à conta da Champions: «O seu dinheiro de merda não é suficiente»

Uli Hoeness, presidente honorário do Bayern Munique, critica os 'novos ricos', financiados com dinheiro do Médio Oriente

Uli Hoeness, presidente honorário do Bayern Munique, teceu duras considerações sobre o Manchester City e o PSG durante um podcast dedicado à sua vida. O antigo líder do clube não poupou críticas aos novos ricos, financiados com dinheiro do Médio Oriente. "O seu dinheiro de merda não é suficiente", atirou, lembrando que nenhum deles ganhou ainda a Liga dos Campeões.

E foi particularmente crítico com Nasser al-Khelaïfi, o presidente do PSG. "Não sei se gosta de futebol. A diferença entre ele e eu? Trabalhei duro para ganhar o meu dinheiro e ele recebeu-o de presente. Foi colocado à sua disposição e não precisa de trabalhar, quando quer um jogador contacta o seu emir."

E prosseguiu: "Até agora estes clubes não ganharam nada. Nada em absoluto", explicou, aludindo depois à final da Champions em Lisboa, onde o Bayern derrotou o PSG. "Voltarão a perder connosco. Não sempre, mas de vez em quando, esse deve ser o nosso objetivo. E quando lhes ganhamos isso deixa-me muito feliz"

Hoeness recorda que em Munique sempre trabalhou a longo prazo. "O que está a suceder atualmente em Paris é uma planificação a um ano. Este não é o meu universo. Vejo as coisas de um ponto de vista económico, não ponho todo o meu dinheiro de uma vez só para ser felicitado por um ou dois anos."
Por Record
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Bayern Munique

Notícias

Notícias Mais Vistas