Presidente do Dortmund: «Não vamos pedir um crédito ao banco só para não vender um jogador»

Hans-Joachim Watzke assume que "em tempos de pandemia" o "equilíbrio financeiro" do clube é o mais importante

• Foto: Action Images

Hans-Joachim Watzke, CEO do Borussia Dortmund, abordou esta quarta-feira os problemas financeiros que o clube poderá enfrentar caso na próxima temporada o campeonato alemão prossiga sem a presença de adeptos nos estádios, devido à pandemia de Covid-19.

Questionado sobre uma possível venda de algum jogador importante da equipa, o líder dos aurinegros afirmou estar preparado para tudo, vincando que o principal objetivo do clube é manter-se financeiramente equilibrado.

"Em tempos de pandemia não descarto nada. Mas não será necessariamente um objetivo [a venda de jogadores]. O mais importante é o equilíbrio financeiro do clube: queremos ter um equipa forte dentro de campo e, ao mesmo tempo, ser economicamente estáveis. Se voltarmos a jogar sem adeptos na próxima temporada, sem dúvidas de que teremos de pensar em vender um jogador. Porque pedir um crédito a um banco só para não vender não será o caminho que iremos percorrer."

Jadon Sancho e Erling Haaland são as duas principais atrações do mercado. Pérolas que o Borussia Dortmund poderá ter de abrir mão face às consequências da pandemia.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Borussia Dortmund

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.