Borussia Monchengladbach ainda não venceu desde que Marco Rose foi anunciado no Dortmund

No arranque da 25.ª jornada, mais um desaire, agora por 3-1 diante do Augsburgo

• Foto: Twitter @FCA_World

O Borussia Monchengladbach perdeu esta sexta-feira por 3-1 com o Augsburgo, na abertura da 25.ª jornada da Liga alemã, e averbou o sexto desaire desde que o treinador, Marco Rose, foi anunciado como futuro técnico do Dortmund.

Quando, em 15 de fevereiro, o Borussia Monchengladbach anunciou que Marco Rose iria rumar aos rivais no início da próxima temporada, a equipa ocupava o sétimo lugar da Bundesliga, com 33 pontos, a apenas seis dos lugares que dão acesso à Liga dos Campeões.

Cerca de um mês volvido, o Gladbach mantém os mesmos 33 pontos e caiu para o 10.º lugar do campeonato, depois de ter averbado quatro desaires seguidos na prova, aos quais se somam outros dois, na Liga dos Campeões, com o Manchester City, e na Taça da Alemanha, com o Borussia Dortmund.

A sexta derrota consecutiva na temporada (a sétima nos últimos oito jogos oficiais) aconteceu hoje em Augsburgo, onde a história da partida poderia ter sido outra, caso Lars Stindl tivesse convertido uma grande penalidade na primeira parte.

A formação da casa acabou por se impor com golos de Ruben Vargas (52'), Marco Richter (76') e André Hahn (89'), sendo que, pelo meio, Florian Neuhaus ainda repôs a igualdade para os visitantes, aos 68'.

Em vésperas de visitar o Manchester City, na segunda mão dos 'oitavos' da Liga dos Campeões, o Borussia Monchengladbach pode ficar ainda mais longe dos lugares 'europeus' na Liga alemã, enquanto o Augsburgo segue no 13.º lugar, com 29 pontos.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas