Carlo Ancelotti doa 5.000 euros para se "redimir" de gesto obsceno

Treinador dirigiu-se adepto do Hertha com o dedo do meio levantado

• Foto: Direitos reservados

O treinador de futebol do Bayern Munique, Carlo Ancelotti, doou 5.000 euros a uma fundação da Federação Alemã de Futebol (DBF), encerrando assim um incidente espoletado por gesto obsceno durante um jogo com o Hertha Berlim.

A informação foi divulgada na página oficial do tetracampeão alemão e indica que a DBF fechou o processo que tinha aberto contra Ancelotti, por este se ter dirigido a um adepto do Hertha com o dedo do meio levantado, num gesto considerado obsceno.

"Em princípio, consideramos compreensível o gesto de Carlo Ancelotti. É uma reação humana, depois de ter sido cuspido", refere o clube em comunicado.

A caminho dos balneários, pouco depois de Robert Lewandowski ter apontado, aos 90+6 minutos, o golo que permitiu ao Bayern empatar a partida, Carlo Ancelotti fez o gesto obsceno em direção à bancada.

Pouco depois, em declarações à estação televisiva pública ARD, o italiano explicou que essa reação se ficou a devr ao facto de ter sido atingido por uma cuspidela vinda da bancada.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.