Carlo Ancelotti recusa a ideia de "revolução" no Bayern

Técnico italiano não deixará cair as ideias de Guardiola

Em conferência de imprensa dada segunda-feira no local de estágio do Bayern, no Qatar, Ancelotti disse que o clube bávaro não necessita de nenhuma revolução. "Encontrei um clube fantástico. A experiência que a equipa teve com o Guardiola permitiu-lhes melhorar as transições e a posse de bola", começou por referir.

A qualidade da equipa foi reforçada com a chegada de Matts Hummels e de Renato Sanches, jogadores que vieram aumentar o leque de opções de Ancelotti. "Não quis iniciar uma revolução, porque a equipa não precisava de uma revolução. Quero seguir as ideias que Guardiola implementou nos últimos três anos e tentar realizar algumas mudanças", disse.

As mudanças do técnico passam sobretudo por "jogar de forma mais vertical, aliando isso à posse de bola". 

Bom momento na Bundesliga

A equipa onde atua o português Renato Sanches atravessa um bom período na Bundesliga, que está agora na sua 'pausa' de Inverno que terminará a 20 de ianeiro. Os homens da baviera ultrapassaram o Leipzig no topo da tabela após 4 triunfos seguidas. A última vitória foi exactamente sobre os recém-promovidos do RedBull Leipzig, que estão a realizar uma época supreendente. "Foi um jogo muito importante, visto não termos andado a jogar bem até defrontarmos o Leipzig. Eles estão muito perto de nós na tabela, não foi nada fácil. A vitória dá-nos confiança para o futuro", concluiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.