Record

Grosskreutz despedido do Estugarda após confrontos na noite

Clube alemão não gostou de ver jogador envolvido em desacatos

• Foto: Instagram Grosskreutz
Na passada segunda-feira, Kevin Grosskreutz, 28 anos, jogador polivalente do Estugarda, envolveu-se em confrontos entre dois grupos no centro da cidade e acabou hospitalizado, tendo tido alta esta quarta-feira. O incidente não passou impune perante a direção do clube alemão, que acabou por despedir o internacional germânico devido a uma violação dos termos de conduta da equipa principal.

"Os incidentes foram revistos cuidadosamente nestes últimos dias em discussões extensivas entre a direção do clube e o Kevin Grosskreutz, assim como todos os seus conselheiros", começa desta forma o comunicado publicado no site oficial do clube.

Pode ler-se em seguida que a primeira preocupação de todos os membros da direção era de que o jogador não tivesse sofrido qualquer lesão de longa duração. "O VfB [Estugarda] está, em primeiro lugar, aliviado por anunciar que o Kevin não sofreu nenhuma lesão prolongada".

Um dos membros executivos do clube da 2.ª divisão alemã, Jan Schindelmeiser, acrescentou ainda que "não fomos capazes de deixar os procedimentos sem os explorarmos. Especialmente devido aos jogadores da primeira equipa terem um modelo de conduta perante o clube em geral e para com os nossos jovens em particular", sublinhou.

Por fim, o treinador Hannes Wolf admitiu que o "passo lógico foi encerrar a colaboração com o Kevin [Grosskreutz]. Não é uma situação simples para nenhum de nós. No entanto, é importante que possamos cuidar do futuro imediato do Estugarda e que assim nos possamos concentrar no jogo difícil frente ao Braunschweig". Entretanto o jogador já veio a público desculpar-se pelos erros cometidos nessa noite, afirmando que aceita as consequências impostas pelo sucedido.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

M