Joachim Löw cede à pressão e guarda-redes vão rodar

Selecionador alemão evita boicote do Bayern Munique

• Foto: Action Images

Joachim Löw, selecionador alemão, cedeu à pressão dos responsáveis do Bayern Munique que tinham ameaçado com um boicote à seleção, caso Manuel Neuer, guarda-redes do B. Munique, não fosse o número 1.

"Em conjunto com o treinador de guarda-redes decidimos que o Marc [Ter Stegen] vai jogar em Dortmund e o Manu [Neuer] em Tallinn. Isto foi discutido com ambos os jogadores", revelou Löw na conferência de imprensa a anunciar os convocados.

A seleção alemã tem três jogos agendados, um particular com a Argentina a 9 de outubro e dois jogos para o Grupo C da fase de qualificação para o Campeonato da Europa de 2020. A 13 de outubro desloca-se a Tallinn (Estónia) e no dia 16 joga em território alemão frente à Bielorrússia.

Por Luís Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.