Lahm responsabiliza clubes pela falta de competitividade na Bundesliga

Capitão do Bayern Munique deseja retirar-se em glória

• Foto: EPA

Philipp Lahm anunciou há mais de um mês que se iria retirar no final da presente temporada. Depois de 12 épocas ao serviço do Bayern Munique, e de ter conquistado sete vezes a Bundesliga e uma Champions (2012/13), o capitão da equipa bávara lamentou a falta de competitividade da liga alemã, numa altura em que a equipa de Renato Sanches lidera o campeonato com 13 pontos de vantagem sobre o Leipzig, 2.º classificado.

"Não acho que o Bayern seja o único responsável pelo o quão bem classificados estamos. Se temos 13 pontos de vantagem após 25 jogos, isso significa que outros clubes fortes como o Schalke ou Wolfsburgo não têm jogado de forma consistente", afirmou em entrevista à revista alemã 'Stern'.

Aos 33 anos, Lahm confessa que já não consegue lidar com as dificuldades no relvado da mesma forma que fazia há uns anos, daí a decisão de se retirar. "Ainda consigo gerir a maior parte das situações no campo, mas não com a mesma regularidade com que o costumava fazer", disse, apontando Thomas Müller e Manuel Neuer como os futuros capitães dos bávaros.

Também os rivais do Borussia Dortmund tiveram direito a uma menção elogiosa por parte do lateral-direito. "O Dortmund é uma equipa inacreditavelmente talentosa, que poderia ter tornado a corrida ao título mais competitiva, apesar de faltar qualidade ao resto das equipas da liga", sublinhou o jogador que, no futuro, poderá vir a ter um cargo diretivo no Bayern Munique.


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.