Luta contra o racismo: jogadores de Union Berlim e Schalke 04 prestam homenagem sentida

Atletas e equipa de arbitragem cumpriram minuto de silêncio antes do início do encontro deste domingo

A luta contra a discriminação social tem-se alastrado um pouco por todo o Mundo. Este domingo, os jogadores de Union Berlim e Schalke 04, juntamente com a equipa de arbitragem liderada pelo alemão Tobias Stieler, cumpriram um minuto de silêncio antes do início do encontro, a contar para a 30.ª jornada da Bundesliga, entre as duas formações.

Unidos no centro do terreno, os jogadores de Union Berlim e Schalke 04, acompanhados pelos membros da equipa de arbitragem, juntaram-se no círculo central do estádio An der Alten Försterei, em Berlim, com um joelho no chão - símbolo que tem servido de mensagem contra a discriminação racial e violência policial, após a morte do norte-americano George Floyd, que faleceu sufocado no chão, com um joelho de um polícia sobre o seu pescoço. O momento foi capturado pela transmissão televisiva.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.