Presidente da federação alemã antevê falências de clubes profissionais

"Não acho que após a crise do novo coronavírus o panorama do futebol seja o mesmo de hoje", diz Fritz Keller

O presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Fritz Keller, expressou esta quinta-feira a sua convicção de que a pandemia de covid-19 trará uma onda de falências ao futebol profissional.

Fritz Keller, em declarações ao canal televisivo Phoenix, referiu que, devido à suspensão da temporada, cresce a ameaça de que "mais e mais clubes da Bundesliga serão forçados a declarar falência, e não apenas na segunda e terceira divisões".

"Não acho que após a crise do novo coronavírus o panorama do futebol seja o mesmo de hoje. Vamos sentir falta de alguns deles e acredito que quanto mais isso durar, mais falências teremos no futebol profissional", afirmou.

No momento, a Bundesliga está suspensa até pelo menos 30 de abril, numa decisão que afeta as 36 equipas profissionais da primeira e da segunda divisões.

A Alemanha é um dos países com o maior número de infeções, com 108.202 casos confirmados e 2.107 mortes, segundo os dados mais recentes do Instituto Robert Koch (RKI), o centro competente em epidemiologia do país.

A Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, com uma atualização mais dinâmica dos dados recolhidos, coloca as infeções na Alemanha em 113.296 e o número de mortos em 2.349.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,4 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 82 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 260 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.