Renato Sanches: como uma exibição apagada originou 'guerra' no Instagram

Bayern Munique sofreu derrota pesada frente ao Liverpool

• Foto: EPA

O Bayern Munique registou nova derrota na pré-temporada, com Renato Sanches a ser chamado pelo treinador Carlo Ancelotti logo aos 21 minutos da partida da Audi Cup frente ao Liverpool para substituir o lesionado Thiago Alcântara.

Os reds já estavam a vencer por 1-0, mas conseguiram ampliar a vantagem até uns preocupantes 3-0 e a produção do internacional português seguiu o rumo do que a equipa fez - ou seja, muito abaixo do esperado.

E os adeptos do clube alemão não perdoaram e 'encheram' a conta que o médio de 19 anos anos possui na redes social Instagram de comentários abusivos e de ameaças.

"Odeio-te"; "deixa de jogar futebol"; "vai-te f****, sai do Bayern"; "depois desta noite não vales sequer 10 milhões", são alguns dos comentários que foram feitos logo após o jogos e que motivaram reações de fãs de Renato Sanches: 

"Vem para o Milan, aqui és titular e podes anda à vontade"; "não ligues aos 'haters', fica em Munique', estamos contigo"; "não te procupes com estes 'haters', as coisas vão corre melhor no futuro"; "esquece o passado e concentra-te no futuro'; "queremos que fiques, as coisas teriam corrido melhor se te tivessem dado oportunidades na época passada, mas não te preocupes porque nós adoramos-te e acreditamos em ti".

Mas a continuidade de Renato Sanches no Bayern Munique estará mesmo em causa e não é devido às exibições menos convincentes desde que foi contratado ao Benfica há um ano. Milan, Chelsea, Manchester United e mais recentemente o Liverpool acreditam no potencial do internacional português e esperam por uma oportunidade para o contratar.

Por António Espanhol
38
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.