Renato Sanches volta a pedir para sair e CEO do Bayern avisa-o: «Fazia bem em acalmar-se»

Português foi lançado para os últimos cinco minutos do empate com o Hertha

• Foto: EPA

Renato Sanches continua a ter vida difícil na Baviera. O internacional português apenas teve direito a cinco minutos de utilização no empate caseiro do Bayern Munique frente ao Hertha Berlim (2-2) e, no final do jogo, voltou a mostrar o seu desagrado com o pouco tempo de jogo.

"Não é uma boa situação para mim. É a segunda vez que eu peço para ir para outro clube. Mas eles não me deixam sair. Cinco minutos não são suficientes para mim", disse o português no final do jogo à Sport1.

Estas palavras mereceram uma reação de Karl-Heinz Rummenigge, CEO da equipa germânica.

"Nós não vamos vendê-lo! Fazia bem em acalmar-se", retorquiu.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.