Só Lewandowski faz frente a André Silva no pós-retoma

Avançado português conseguiu em 2019/20 a segunda melhor época de sempre

• Foto: EPA

Se houve jogador a quem fez bem a paragem devido à Covid-19, poucas dúvidas restam em afirmar que o seu nome é André Silva. Com 4 golos na Bundesliga até ao momento da paragem, o avançado português do Eintracht Frankfurt voltou em grande à atividade, marcando 8 nos onze encontros disputados no pós-paragem, o que lhe permitiu assinar a sua segunda melhor temporada de carreira, apenas atrás dos 16 golos que marcou em 2016/17, antes de se mudar para o AC Milan. Para se ter noção da dimensão do feito do ex-FC Porto, refira-se que apenas Robert Lewandowski lhe fez frente no pós-retoma, com 9 golos (ver lista abaixo).

E a verdade é que esta veia goleadora de final de temporada acabou mesmo por ser decisiva para o Eintracht Frankfurt, que neste período pós-paragem conseguiu somar 14 pontos, fruto de quatro vitórias e dois empates. Um registo que permitiu saltar duas posições na tabela, do 11.º posto à 25.ª ronda para o 9.º final. Olhando à influência direta, André Silva foi decisivo com os seus golos em pelo menos quatro partidas: as vitórias sobre Wolfsburgo, Schalke 04 e Paderborn e ainda o empate diante do Friburgo.

De notar que o avançado português está nos alemães cedido pelo AC Milan até final da temporada, não se sabendo ainda como será o seu futuro para lá do final deste mês. Depois desta ponta final... interessados não faltarão!

Goleadores no pós-retoma

Robert Lewandowski - 9 golos
André Silva - 8 golos
Timo Werner - 7 golos
Kai Havertz - 6 golos
Wout Weghorst - 5 golos
Andrej Kramaric - 5 golos
Erding Haaland - 4 golos
Jadon Sancho - 3 golos

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas