Ulreich conta o que lhe passou pela cabeça no Bernabéu: «M...., não posso agarrar com a mão»

Guarda-redes do Bayern fala nos "milésimos de segundo" que marcaram meias-finais da Champions

• Foto: EPA

Sven Ulreich, guarda-redes do Bayern Munique, revelou ao 'Sport Bild' o que lhe passou pela cabeça aquando do seu erro no segundo golo do Real Madrid que, na altura, resultou no 2-1 para os merengues.

"Passaram a bola para trás e assim que vejo o Benzema avançado tento posicionar-me para o um para um. Mas houve um instante que pensei: "M..., não posso agarrar com a mão". Então tentei ‘despachá-la’ com o pé, mas já não consegui… e acabei por não me posicionar para o um para um", confessou o guarda-redes alemão.

"São milésimos de segundo em que se cruzaramm os pensamentos e não me consegui decidir. Já vi esta jogada uma ou duas vezes e em 100 situações apenas acontece uma vez", continuou.

Quando questionado acerca da importância dos falhanços dos guarda-redes e se recebeu algum apoio dos companheiros, Ulreich respondeu: "Se um avançado falhar não é grave, se um defesa falhar já é pior, mas se for um guarda-redes... não se pode cometer erros. Estive oito meses sem errar, portanto é uma pena que tenha acontecido agora".

"Os meus colegas de equipa são incríveis, disseram-me que somos uma equipa e que consideraram que foi apenas uma falha", concluiu o guardião de 29 anos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Alemanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0