Abel Ferreira critica federação paulista

Depois de vencer o Defensa y Justicia

• Foto: Reuters

Depois de vencer o Defensa y Justicia, resultado que permite ao Palmeiras seguir invicto no Grupo A da Taça Libertadores, Abel Ferreira não tem tempo para descansar, pois na madrugada de sexta-feira há confronto com o Santos, para o Paulistão. Um jogo que pode ser decisivo na qualificação do verdão para os ‘quartos’ da prova e que motivou novas críticas do português à federação paulista. “Se contra o Santos tivermos que jogar com os sub-17, vamos com os sub-17 ou com os sub-20. Não temos culpa de a cada três dias fazermos dois jogos. Isto começou com o Corinthians. Pedimos para não meterem o jogo no meio da final da Copa do Brasil e ninguém quis saber. Quando a própria organização não quer saber do Paulistão, temos de priorizar. Vamos fazer o nosso melhor. Se der para ganhar, ganhamos; se não der, seguimos em frente.”

Já o Athletico-PR, treinado por António Oliveira, sofreu o primeiro dissabor no Grupo D da Taça Sul-Americana, ao perder (0-1) no Peru com o Melgar. “Perdemos e aprendemos. Assumo totalmente a responsabilidade. As vitórias são dos jogadores e as derrotas são sempre minhas”, disse.

Por Aurélio de Macedo
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.