Adepto do Flamengo regista filho como 'Gabriel Henrique Arrascaeta' às escondidas da mãe

Ela não aprovou o nome e teme agora que a criança possa vir a ser vítima de bullying

Gênesis é adepto ferrenho do Flamengo e resolveu homenagear três jogadores da equipa que em 2019 ganhou a Taça Libertadores, dando os seus nomes ao filho. O problema é que fê-lo às escondidas da mãe da criança, que não gostou do resultado final.

O bebé, que ainda não tem um mês, nasceu em Manaus e chama-se Gabriel Henrique Arrascaeta Chagas da Silva e a mãe não aprovou, conforme conta numa reportagem do Globo Esporte. 

"Eu idealizei Bruno Henrique ou Gabriel Henrique. Não passou pela minha cabeça o nome Arrascaeta, nunca. Para mim é um nome estranho. Eu disse 'meu Deus, não acredito que vais fazer isso, esta criança pode sofrer bullying'. Quando ele for adolescente e o chamarem para jogar à bola não vão chamá-lo Gabriel, mas sim de Arrasca", lamenta a mãe. 

O pai não teme esses problemas e até já tem um plano para mostrar ao filho a origem do seu nome. "Se um dia ele me perguntar, já tenho tudo em mente. Vou colocá-lo no sofá e vou mostrar-lhe o ano mágico do Flamengo de 2019, vou mostrar quem foram os jogadores, o primeiro golo da final da Libertadores, que a bola passou pelos pés dos três jogadores [Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta]", explicou Gênesis.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.