Arma de Renato Gaúcho encontrada pela polícia 18 anos após ser roubada

Pistola apreendida em Porto Alegre após denúncia anónima para tráfico de droga

• Foto: Reuters

A polícia brasileira encontrou uma pistola que havia sido roubada há 18 anos e que está registada em nome de Renato Gaúcho, atual treinador do Grémio.

A arma foi apreendida num bairro de Porto Alegre após uma denúncia anónima que apontava para dois homens envolvidos em tráfico de droga e ambos acabaram detidos pelas autoridades na posse de outras duas armas, três telemóveis, várias doses de estupefacientes e dinheiro (375 reais).

Segundo a imprensa brasileira a pistola de calibre 380 foi furtada em 2002, ano em que Renato Gaúcho orientava o Fluminense. Na altura, a participação do roubo da arma não foi apresentada pelo atual técnico do Grémio, mas o seu nome surge refererido como "vítima" no documento da ocorrência.

As autoridades vão agora investigar o caso para tentar descobrir outros pormenores, estando em cima da mesa a hipótese de o técnico ter vendido a arma antes de ser participado o roubo.

O gabinete de comunicação do Grémio já informou a imprensa brasileira de que Renato Gaúcho não vai comentar o caso. 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0