Casagrande fala de Dani Alves e lembra caso de Robinho: «Um violador que anda pelas praias como se nada fosse»

Antigo avançado diz que ambos os jogadores "têm uma personalidade arrogante que os leva a pensar que podem fazer qualquer coisa sem consequências"

• Foto: Paulo Calado
Walter Casagrande, antigo futebolista brasileiro conhecido pelas suas opiniões muito críticas, falou ao jornal espanhol 'As' sobre o caso de Dani Alves e garantiu que no Brasil todos estão horrorizados com o sucedido.

"A situação do Daniel é muito crítica. É certo que tudo continua a ser investigado, mas há indícios cada vez mais contundentes contra ele. Será preciso esperar pelo fim das investigações, mas tudo aponta para que a rapariga tenha razão na declaração que fez", explica o antigo futebolista, que chegou a jogar no FC Porto.

"Não sei se é culpado, mas tudo leva a crer que sim. Num caso de violação há que ter em conta a palavra da vítima. Claro que tens a opção da presunção da inocência, mas até aqui tudo está contra ele", acrescentou Casagrande, considerando que se for considerado culpado não é a vida de Dani Alves que será destruída. "Preocupa-me a vida da vítima. Essa sim, está arruinada e terá de ter um acompanhamento psicológico e psiquiátrico." 

O antigo futebolista contou também qual tem sido a reação da opinião pública brasileira sobre o caso."As pessoas estão horrorizadas com esta situação, estamos a debater sobre a prepotência de alguns jogadores brasileiros, que pensam que podem fazer qualquer coisas e que estão acima do bem e do mal."

Depois, lembrou o caso de Robinho, condenado em Itália a 9 anos de prisão por violação, sem nunca chegar a cumprir a pena, por se encontrar no Brasil. "O caso do Robinho é um autêntico escândalo. É uma lástima porque estamos a falar de um violador condenado a 9 anos de prisão em Itália, segundo a justiça com especial desprezo pela vítima, e que anda pelas praias como se nada fosse porque não foi extraditado."

Casagrande fala numa "imagem de poder" em torno dos futebolistas. "Têm a sensação que não lhes acontece nada. Sentem-se superiores às mulheres e acham que podem invadir o espaço de outras pessoas porque são famosos e têm muito dinheiro. Arrogância ou falta de escrúpulos? Ambas as coisas. Acreditam que estão acima do bem e do mal e assim não se vive em sociedade. Tanto o Dani Alves como o Robinho têm uma personalidade arrogante, de soberba, que os leva a pensar que podem fazer qualquer coisa sem haver consequências."
Por Record
18
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas