Coronavírus 'atrasa' milhões da Amazon no Flamengo

'Gigante' da tecnologia mantém interesse em patrocinar clube brasileiro mas negociações foram adiadas

• Foto: Getty Images

A Amazon, empresa americana de tecnologia, continua interessada em tornar-se no patrocinador principal do Flamengo mas o atual estado de quarentena motivada pelo coronavírus adiou as negociações. Ao clube brasileiro também continua a agradar a concretização do negócio. 

As conversações entre as duas partes estavam avançadas mas sofreram um impasse nos últimos dias. Antes de mais, pelo facto de o próprio Flamengo precisar de aprovar internamente esta parceria. A direção do clube precisa de validar a negociação e isso só pode acontecer em reunião dos conselheiros.

Como as reuniões presenciais dos dirigentes não são possíveis neste momento, parou tudo. A hipótese dos conselheiros reunirem através de vídeo-conferência também não é possível porque os estatutos do clube não o permitem. Mesmo se o permitissem, a maioria dos conselheiros são pessoas da chamada terceira idade, sem acesso a ferramentas para tal. 

De qualquer forma, a direção do rubro-negro não considera o assunto urgente, até porque o contrato com a B52, empresa que aparece nas camisolas do Fla, dura até ao final deste ano. Ou seja, o patrocínio da gigante americana, agora negociado, será para começar apenas em 2021. 

Em causa, devido aos efeitos da epidemia, estão agora também os valores do negócio. Inicialmente, a expectativa do clube brasileiro era a de receber por ano um valor próximo dos 40 milhões de reais, cerca de 7.3M de euros. No entanto, perante a alteração que a economia mundial vai sofrer, o valor total será outro. 

Do lado da Amazon também há uma preocupação com o impacto económico da crise e, por isso, os valores oferecidos ao clube brasileiro também devem ser revistos antes da próxima ronda de negociações.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.