Crislan: «Fiz a escolha correta»

Avançado do Sp. Braga feliz com a experiência em Portugal

• Foto: Lusa
Crislan, avançado do Sp. Braga, encontra-se de férias no Brasil e ´considera positiva a decisão de há uma ano mudar-se para o futebol europeu, quando dispunha de propostas de vários clubes brasileiros, entre os quais o Corinthians.

"Fiz a escolha correta. Eu sou muito ligado a Deus, coloquei meu joelho no chão e orei. Eram dois sonhos que eu tinha. Um deles era jogar uma Série A por uma grande equipe. Depois que fiquei sabendo que tinha proposta do Corinthians, entre outros, meu coração se alegrou. Só que eu também tinha o sonho de jogar fora do Brasil. Imagina você estar em uma 'saia justa', entre dois sonhos que você tem. Mas pude botar meu joelho no chão e fazer uma bela escolha, hoje não me arrependo. O Corinthians foi campeão brasileiro, mas agora, já no fim da temporada, a gente teve uma bela partida na final da Taça de Portugal, e é uma gratificação imensa vencer uma grande equipe como o FC Porto", exterioriza o avancado, em declarações ao site "GloboEsporte.com".

Mesmo pensando nas dificuldades, Crislan prefere pensar no lado positivo da sua experiência na Europa até agora. Ele conta que, além das lesões, teve que se adaptar ao jeito europeu de jogar, e que por isso mesmo sua primeira temporada foi de aprendizagem", destaca, reconhecendo dificuldades na adaptação.

"É um pouco difícil porque exige mais de você, com rigor defensivo, ajudar o companheiro, essa questão tática. Eles contam muito com isso. Teve a questão de movimentação, de tentar furar a defesa, como eles falam, e eu não tinha ainda essa perceção. Mas depois de um tempo comecei a assimilar o que o treinador realmente queria. Hoje já posso dizer que estou preparado", garante Crislan.

"A temporada foi de aprendizagem. Nos primeiros seis meses até joguei como titular. Tive a infelicidade de ter uma pequena lesão em dezembro que me atrapalhou. Mas sempre continuei jogando, tive a confiança do treinador. E logo depois, em janeiro, estava indo bem nas competições europeias, só que tive uma lesão muito séria na perna direita que me tirou um mês e meio do campeonato. Passei a ser opção no banco", recordou o dianteiro bracarense.

Cristian tem saudades, mas não pensa em voltar para o Brasil tão cedo. Curtindo a boa qualidade de vida oferecida pela cidade europeia, ele deixa para estar perto dos seus entes queridos nas férias e, de longe, acompanha o time do coração, o River, onde também já jogou profissionalmente.

"Estou muito feliz em Braga, tenho cinco anos de contrato e só cumpri um. Pretendo mostrar meu real valor. Tive muitas lesões e não tive muitas oportunidades depois de me lesionar. Pretendo fazer grandes temporadas e depois, se aparecer propostas e for bom para ambas as partes, vamos tomar a melhor decisão. Mas agora não pretendo voltar ao Brasil. Se for para trocar, seria por outro time da Europa, mas voltar ao Brasil agora não", finalizou.
Por António Carlos. Rio de Janeiro. Brasil
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas