Flamengo não 'desarma': prefeitura do Rio de Janeiro volta a reforçar proibição dos treinos

As atividades consideradas "não essenciais" estão suspensas até 25 de maio, mas Mengão não vai parar

• Foto: TV Globo

O regresso do Flamengo aos treinos teve a oposição da Prefeitura do Rio de Janeiro, mas isso não irá impedir que a equipa liderada por Jorge Jesus prossiga os trabalhos. Depois de uma reunião com o Comité Científico da Prefeitura, num encontro que contou com a presença de Márcio Tannure, chefe do departamento médico do clube, foi reforçado que o regresso dos treinos não estão incluídas no lote das atividades essenciais, as quais se encontram suspensas até dia 25 de maio, todavia, essa recomendação não será seguida pelo emblema rubro-negro.

O clube decidiu retomar os trabalhos, também sem o aval do Governo do Estado do Rio de Janeiro, que não foi sequer informado dessa decisão. Todavia, nos últimos dias, os jogadores já se deslocaram ao Ninho do Urubu, como é conhecido o centro de treinos do Flamengo, para treinar, ainda que divididos em grupos diferentes. E, de acordo com a imprensa brasileira, o Flamengo não promete abrandar no regresso aos trabalhos, ainda que não conte com a aprovação das autoridades.

Refira-se, contudo, que o clube contactou o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, das suas pretensões de retomar a atividade, ele que tem sido partidário do regresso do futebol o quanto antes. 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0