Golo de Elias dá título estadual ao Atlético Mineiro

Ex-sportinguista em destaque na vitória sobre o Cruzeiro (2-1)

• Foto: Arquivo/Paulo Calado

O ex-sportinguista Elias marcou o golo que deu o título estadual de Minas Gerais ao Atlético Mineiro, numa vitória (2-1) sobre o Cruzeiro no estádio Independência. O médio que iniciou a época no Sporting mas regressou ao Brasil em janeiro fez o segundo golo da sua equipa, campeã pela 44.ª vez. Robinho inaugurou o marcador e o argentino Ábila fez o golo do Cruzeiro, que não fora além de um nulo na primeira mão da final.

Já no Rio de Janeiro, o Flamengo conquistou o 34.º título de campeão estadual ao vencer o Fluminense por 2-1, no segundo jogo da final. No Maracanã, diante de 68 mil pessoas, Guerrero e Rodinei marcaram os golos rubronegros, depois de Henrique Dourado ter adiantado o Flu logo aos 3'.

A equipa comandada pelo técnico Zé Ricardo conquistou o título sem perder qualquer jogo ao longo do campeonato, confirmando a vitória na final depois de já ter ganho por 1-0 o primeiro jogo. A turma tricolor terminou o jogo com 10 jogadores e o segundo golo do Fla surgiu já com o médio Orejuela na baliza, pois o guarda-redes Diego Cavalieri havia sido expulso e as substituições já estavam esgotadas.

Em São Paulo, o Corinthians sagrou-se campeão paulista após um empate (1-1) frente à Ponte Preta. Romero marcou pelo Timão e Marllon respondeu para os visitantes, que não conseguiram dar à volta à final, depois de terem perdido em casa por 2-0. Assim, fez o Corinthians festejou o 28.º título estadual da sua história.

Surpresa gaúcha

No Rio Grande do Sul, o surpreendente Novo Hamburgo conquistou o título gaúcho pela primeira vez na sua história ao derrotar nos penáltis o Internacional no estádio Centenário, por 3-1, depois de um empate (1-1) no tempo regulamentar. No primeiro jogo, já tinha havido uma igualdada a dois golos

No Paraná, o Coritiba, do ex-portista Anderson, foi o campeão. Na partida deste domingo registou-se um nulo, mas o Coritiba fez a festa pois tinha ganho o primeiro jogo com o Atlético Paranaense por 3-0.

Artur Moraes também festeja

Em Santa Catarina, a Chapecoense, do ex-benfiquista Artur Moraes, festejou novo título estadual, mesmo depois de perder a 2.ª mão por 1-0 com o Avaí. No primeiro jogo, a Chape vencera pelo mesmo resultado, o que foi suficiente para conquistar o troféu pela sexto troféu.

Referência ainda para o campeão baiano, Vitória, que fez a festa após empatar (0-0) com o Bahia - na 1.ª mão registou-se outra igualdade (1-1) mas beneficiou da vantagem de ter feito melhor na fase regular da prova. Já em Goiânia, o Goiás derrotou confirmou a vitória no estadual ao vencer por 1-0 o Vila Nova - já ganhara por 3-0 no primeiro jogo.

Por António Carlos. Rio de Janeiro. Brasil
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas