Internacional confirma primeira descida de divisão

Empate (1-1) com Fluminense não evita queda do clube para a Serie A

• Foto: Reuters

O Internacional precisava de golear o Fluminense e esperar ainda uma derrota do Vitória - de forma a anular a melhor diferença de golos da turma da Bahia - para se manter na Série A do Brasileirão, mas o cenário mais provável acabou por se confirmar e o clube de Porto Alegre desceu mesmo de divisão pela primeira vez na sua história.

Numa última jornada sem grandes pontos de interesse e marcada pelo adiamento de uma semana devido à tragédia ocorrida com a Chapecoense na Colômbia - o encontro entre a equipa de Chapecó e o Atlético Mineiro acabou por não se realizar como já havia sido anunciado -, as atenções estiveram mesmo no Estádio Giulite Coutinho, no Rio de Janeiro. E o empate (1-1) entre o Fluminense e o Inter acabou por selar o destino da equipa visitante, que não conseguiu aproveitar a derrota (1-2) do Vitória com o campeão Palmeiras.

Nos restantes jogos, o destaque vai para a derrota do Corinthians, campeão em 2015, por 3-2, com o Cruzeiro, falhando assim a qualificação para a Taça dos Libertadores de 2017. A última vaga ficou para o Atlético Paranaense, de Paulo Autuori, apesar do nulo com o Flamengo. Palmeiras, Santos, Flamengo, Atlético Mineiro, Grémio e Chapecoense estarão na fase de grupos da principal prova de clubes da América, enquanto Botafogo e Atlético Paranaense disputarão a primeira fase.

Além do Internacional, as outras equipas que descem de divisão são o Figueirense, o Santa Cruz e o América Mineiro, enquanto Atlético Goianiense, Avaí, Vasco da Gama e Bahia são os conjuntos que garantiram a subida à Série A para 2017.

Veja os resultados e a classificação do Brasileirão 2016.

Por António Carlos. Rio de Janeiro. Brasil
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.