João Roberto Kelly 'deliciado' com Jorge Jesus

"Rei das marchinhas" é fã do treinador português

O compositor João Roberto Kelly é uma das figuras mais acarinhadas do Brasil, ou não fosse ele considerado o ‘rei das marchinhas’ do Carnaval brasileiro. Numa altura em que se prepara para as grandes festas que vão inundar terras canarinhas nesta altura do ano, o músico explicou a criação da ‘Marchinha para o Míster’, dedicada ao ‘nosso’ Jorge Jesus, e até destacou a parte da canção em que pede ao português para assumir a seleção do Brasil.

"Sempre gostei muito de futebol. Apesar de não ser adepto do Flamengo, aprecio quando uma equipa joga bem. Além disso, acho que o Carnaval é uma época na qual temos de brincar, que é o que eu faço nas minhas músicas. Foi daí que surgiu a minha ideia do Jorge Jesus acabar com a ‘mesmice’ da Seleção", explicou à imprensa canarinha.

"O Tite é um excelente treinador, admiro-o muito. Mas a sensação que fica é que a Seleção atual está sempre a jogar da mesma forma. Por isso, fiz essa brincadeira, porque dá também uma ‘sacudida’ não só no Tite, mas nos outros técnicos brasileiros", garantiu.

Aos 81 anos, João Roberto Kelly tem muitas horas de futebol e, por isso, sabe bem que aquilo que Jesus fez no Brasil está longe de ter sido fruto da sorte: "O Jorge Jesus introduziu uma forma do Flamengo voltar a jogar para a frente, sempre em busca do golo. Eu, que sou adepto do Fluminense, tenho achado fantástico acompanhar o futebol Rubro-Negro."

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.