Jogador do Flamengo tem tumor nos testículos

Extremo Ederson, de 31 anos, vai ser operado na próxima semana

• Foto: Flamengo

O brasileiro Ederson, do Flamengo, anunciou esta terça-feira que vai deixar de jogar futebol "por tempo indeterminado" devido a um tumor nos testículos, ao qual será operado na próxima semana. "É difícil encontrar palavras. Estou triste, mas calmo, sei o que vem aí", explicou o extremo, de 31 anos, em conferência de imprensa.

O antigo jogador de Nice, Lyon e Lazio explicou que vai enfrentar a "nova batalha" com o mesmo espírito com que se dedicou ao futebol, onde chegou a cumprir um jogo pela seleção brasileira, em 2010.

A equipa médica do Flamengo revelou que o tumor foi detetado durante um teste antidopagem, no qual identificaram um nível anormal de produção de HCG, uma hormona que estimula a produção de testosterona.

"Quando vimos que tinha testado positivo, suspeitamos de uma doença e mais tarde descobrimos o tumor", contou o médico do clube brasileiro, Márcio Tannure.

Durante a carreira, que decorreu de 2005 a 2014 na Europa, entre França e Itália, Ederson lutou com várias lesões nos joelhos, que reduziram a frequência de jogos e o levaram a regressar ao Brasil, onde procurava relançar a carreira no Flamengo.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.