Luisão: «O Brasil não está preparado para o sucesso de Jorge Jesus e nem de ninguém»

Antigo defesa central do Benfica elogia o trabalho que o técnico português está a desenvolver no Flamengo

• Foto: Reuters

O sucesso de Jorge Jesus à frente do Flamengo não surpreende Luisão, que foi treinado pelo técnico português no Benfica. Mas o antigo defesa central mostra-se muito crítico para com a mentalidade dos brasileiros, que, garante, não conseguem valorizar nem reconhecer o sucesso dos outros.

"Ele é um treinador extremamente rigoroso, dedica-se a 100 por cento ao projeto que assume. Também defende a todo custo a própria opinião e isso faz com que os seus jogadores cresçam. Ele transforma jogadores medianos em bons, acredita e aposta muito no que faz. Felizmente, levou também muito conhecimento da Europa. O brasileiro precisa de compreender que não é perfeito em tudo. O ego do brasileiro é muito grande, falta humildade para tirar proveito daquilo que vem de fora. O Jesus conhece o futebol brasileiro, estudou, e chegou lá já a saber o que iria encontrar, tendo por trás o aval e o reconhecimento da direção do Flamengo", constata o agora embaixador internacional dos encarnados, numa entrevista ao site 'Goal.com'.

"O Brasil não está preparado nem para o sucesso do Jorge Jesus e nem de ninguém, seja de dentro ou de fora. Por que digo isto? Nós, os brasileiros, procuramos sempre encontrar defeitos nos nossos próprios ídolos, queremos sempre deitá-los abaixo. Dou o exemplo do Ronaldo Fenómeno. Lembro-me que no Brasil só falavam do Ronaldo gordo, não do Ronaldo que fez tudo o que fez na carreira. O brasileiro tem dificuldade em aceitar o sucesso das pessoas, ainda mais se o sucesso é de quem vem de fora. Estamos sempre na defensiva. Digo isto aqui de fora, espero que as pessoas me compreendam. Lembro-me, por exemplo, de muita gente dizer mal do Jorge Jesus e ele tinha acabado de chegar. Faltou a humildade de dizer: 'vem, sê bem-vindo, mostra o que tens para nós e depois fazemos uma avaliação'. O brasileiro parou no tempo naquilo que é o desenvolvimento", criticou.

Comentadores brasileiros deslumbrados com Flamengo de Jesus: «Que futebol maravilhoso!»
Luisão sabe bem o que Jorge Jesus pode dar à equipa do Flamengo. "A responsabilidade que o jogador precisa ter para compreender o jogo. Fez isso aqui no Benfica e está a fazê-lo no Flamengo. Assim que o Jorge Jesus chegou aqui, chamou-me e disse: 'Luisão, se eu estivesse em noutra equipa não te contratava'. Olhei para ele e pensei: 'o que é este cara está a dizer?' Então ele completou: 'Agora vais jogar assim, assim e assim, agora vais entender o jogo'. Eu já era um jogador experiente [29 anos], estava na seleção brasileira, julgava que já entendia o jogo. Depois dessa conversa fui para casa e, ao refletir, resolvi acreditar na palavra dele. E a realidade foi exatamente essa, ele fez-me entender cada vez mais o jogo. Ao ver alguns jogos do Flamengo, vi os jogadores dentro do campo a tomar decisões porque já começaram a entender mais o jogo. Não é simplesmente jogar à bola, é jogar futebol."

E por que motivo o treinador português não responde a provocações de outros treinadores, como foi o caso de Renato Gaúcho? "Não quis dar munições para que a imprensa crie polémicas. Ele sabe que está numa fase crucial do ano, o Flamengo está perto de uma final [da Libertadores]. É importante continuar com os resultados positivos. Acho que tem agido muito bem, muito bem mesmo. O foco agora são os resultados, não o que acontece fora do campo."

Mas se o Flamengo eliminar o Grémio e ganhar a Libertadores... "O Renato que se prepare porque vai ouvir muito. Mas ele é puro..."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.