Marcelo "dececionado" por ter sido excluído da seleção

Dunga não conta com defesa para os jogos com o Uruguai e o Paraguai

• Foto: Reuters

O futebolista Marcelo, do Real Madrid, confessou esta terça-feira ter ficado "dececionado" por não ter sido convocado para os próximos compromissos da seleção do Brasil e afirmou não se importar se nunca mais for chamado.

"Sim, fiquei dececionado, mas agora não me afeta nada, percebi o que se passou e não me preocupo mais", disse o defesa, entrevistado pelo "Globoesporte".

O jogador do Real Madrid, que afirmar estar "centrado em trabalhar" no clube, foi excluído pelo selecionador Dunga dos jogos contra o Uruguai e o Paraguai, a contar para a qualificação para o Mundial da Rússia, em 2018.

O treinador explicou que a exclusão de Marcelo foi acordada entre os corpos médicos da seleção brasileira e do emblema madridista, para o preservar de recaídas motivadas pelas lesões de que padeceu recentemente.

Porém, o treinador do Real, o francês Zinedine Zidane, desmentiu Dunga e assegurou que o médico do Brasil não contactou o da equipa espanhola.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas