Médico do Flamengo também tem covid-19: já são 9 os casos entre a equipa que está no Equador

Conmebol vai garantir apoio clínico à formação carioca na partida de hoje da Taça Libertadores

• Foto: Instagram

O Flamengo continua em maré de azar. Depois de terem sido detetados sete casos de covid-19 na equipa, e de terem surgido algumas lesões que elevam para 11 o número de indisponíveis para a partida desta terça-feira frente ao Barcelona de Guayaquil, no Equador, o clube brasileiro ficou agora sem médico, pois Marcio Tannure  deu igualmente positivo. Além dele, Juan, antigo defesa central que integra o staff do clube carioca, também  está infetado com o novo coronavírus.

Sem médico disponível o Flamengo fica com apenas dois fisioterapeutas para a partida de hoje, por isso a Conmebol já garantiu apoio clínico ao conjunto brasileiro.

O Flamengo pretendia que os infetados voltassem ao Brasil no avião que devia transportar quatro reforços até Guayaquil para a partida de hoje, mas a aeronave foi forçada a voltar para trás porque não recebeu autorização para sobrevoar o espaço aéreo do Peru.  

Por Record e Alexandra Beny
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.