Médio do Flamengo de 17 anos conta como tudo aconteceu: «Incêndio começou no meu quarto»

Felipe Cardoso diz que conseguiu sair dali com vida porque começou a correr

Felipe Cardoso, médio da equipa sub-17 do Flamengo, um dos sobreviventes do incêndio que deflagrou na madrugada desta sexta-feira no centro de treino do clube do Rio de Janeiro, conta que as chamas começaram no seu quarto.

Segundo afirmou ao canal "Coluna do Flamengo", o jovem jogador conseguiu sair do quarto a correr, tendo-se salvo assim.

"O incêndio começou no meu quarto. O ar condicionado começou a pegar fogo e eu saí a correr. Graças a Deus consegui correr e estou vivo", contou o jovem futebolista.



O incêndio que deflagrou na última madrugada no centro de treino do Flamengo provocou 10 mortos e três feridos.

Segundo informações publicadas pelo portal de notícias G1, da rede Globo, nas instalações atingidas pelo fogo, conhecidas por alojamentos do Ninho do Urubu, dormiam atletas com idades entre 14 e 17 anos.


Apesar de as vítimas mortais ainda não terem sido identificadas, o canal desportivo Sportv informou que quatro eram jogadores da equipa de juniores do Flamengo, quatro eram funcionários do clube e dois eram atletas que estavam no local para realizarem testes.

Os três feridos foram identificados como atletas juniores do Flamengo que dormiam no local, Cauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, Francisco Diogo Bento Alves e Jonathan Cruz Ventura, ambos de 15 anos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.