Motorista do Flamengo conta que Jorge Jesus imitou Gabigol: «Não tem como descrever»

José Vieira Apolinário, de 55 anos, falou sobre o dia que não vai esquecer tão cedo

José Vieira Apolinário, motorista do autocarro do Flamengo no dia em que a equipa viajou para Lima, Peru, onde sábado disputa a final da Taça Libertadores, não vai esquecer tão cedo o dia em que Jorge Jesus se sentou ao seu lado para assistir à onda de apoio dos adeptos rubro-negro.

"[Aquele apoio todo] Passou uma energia positiva. Acredito que refletiu nos jogadores, não temos muito acesso a eles. Jorge Jesus veio na frente comigo e vibrou com o povo. Sabe quando o Gabigol faz golo? Não tem aquela comemoração dele que levanta os braços? O Jesus estava comemorando com os 'caras', vibrando com eles. É tão gostoso que não tem como descrever. Isso vai ficar comigo para o resto da minha vida", contou Apolinário, de 55 anos.

E se a festa já foi grande na partida para Lima, onde o Flamengo vai defrontar o River Plate na final da Libertadores (sábado às 20 horas), José Vieira Apolinário não tem dúvidas que o título vai para o Brasil e que a comemoração vai ser enorme.

"'Se não, o Flamengo vai ser campeão e vai fechar a cidade toda. Imagino que seja no camião dos Bombeiros para o povo festejar junto com eles. Se já foi bonito na ida, imagina na volta?" 

Tochas, petardos e cânticos: o arrepiante apoio dos adeptos do Flamengo à equipa antes da partida para o Perú

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.