Mulher que acusou Neymar de violação é agora investigada por tentativa de extorsão

Polícia brasileira suspeita que Najila Trindade fez uma "denúncia caluniosa"

Najila Trindade, a mulher que acusou Neymar de violação, está a ser investigada por extorsão e denúncia caluniosa, depois de as autoridades brasileiras não ter encontrado elementos suficientes para comprovar o crime alegadamente perpetrado pelo craque brasileiro do PSG em Paris.

"É importante salientar que todas as pessoas que movimentam a polícia por uma inverdade podem ser punidas. Isso tem de ser verificado, daí a investigação", disse o delegado Albano David Fernandes, em conferência de imprensa.

Recorde-se que a mulher que diz ter sido violada por Neymar no dia 15 de maio garantiu que teria um vídeo, filmado no dia seguinte aos alegados atos, que mostrava o jogador do PSG a agredi-la. Essas imagens nunca foram visionadas pelas autoridades pois, segundo Najila, teriam sido roubadas do seu apartamento.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.